­

Sistema de Ensino Português


 
O Sistema de Ensino Português está organizado em 5 ciclos de estudos:

Ensino Pré-Escolar – A educação pré-escolar destina-se a crianças com idades compreendidas entre os 3 anos e a entrada na escolaridade obrigatória; é de frequência facultativa e é ministrada em jardins-de-infância públicos ou privados.

Ensino Básico – Tem a duração de nove anos (1º ao 9º ano de escolaridade) e organiza-se em três ciclos sequenciais. O 1º Ciclo funciona em regime de monodocência (e com recurso a professores especializados em determinadas áreas) e visa o desenvolvimento de competências básicas em Língua Portuguesa, Matemática, Estudo do Meio e Expressões. No 2.º Ciclo, o ensino está organizado por disciplinas e áreas de estudo pluridisciplinares. No 3.º Ciclo, o ensino está organizado por disciplinas. Os principais objectivos deste ciclo são o desenvolvimento de saberes e competências necessários à entrada na vida activa ou ao prosseguimento de estudos.

Ensino Secundário – Está orientado quer para o prosseguimento de estudos superiores quer para o mundo do trabalho. O currículo dos cursos de nível secundário tem um referencial de três anos lectivos (10º ao 12º ano de escolaridade) e compreende quatro tipos de cursos: (1) Cursos Científico-Humanísticos – essencialmente destinados aos alunos que pretende o prosseguimento de estudos de nível universitário; (2) Cursos Tecnológicos – essencialmente dirigidos aos alunos que desejam entrar no mercado de trabalho, permitindo, igualmente, o prosseguimento de estudos em cursos tecnológicos especializados ou no ensino superior; (3) Cursos Artísticos Especializados – essencialmente destinados aos alunos que visam assegurar formação artística especializada nas áreas de artes visuais, audiovisuais, dança e música, permitindo a entrada no mundo do trabalho ou o prosseguimento de estudos superiores; e (4) Cursos Profissionais – essencialmente destinados aos alunos que pretendem a entrada no mundo do trabalho, permitindo também o prosseguimento de estudos superiores. São organizados por módulos em diferentes áreas de formação.

Ensino Pós-Secundário Não Superior – Os Cursos de Especialização Tecnológica (CET) possibilitam percursos de formação especializada em diferentes áreas tecnológicas, permitindo a inserção no mundo do trabalho ou o prosseguimento de estudos de nível superior. A formação realizada nos CET é creditada no âmbito do curso superior em que o aluno seja admitido.

Ensino Superior – Encontra-se estruturado de acordo com os princípios de Bolonha e visa assegurar uma sólida preparação científica. O ensino superior está organizado em ensino universitário e em ensino politécnico, administrados por instituições do ensino superior públicas, privadas ou cooperativas. No ensino superior são conferidas as seguintes qualificações académicas: Primeiro grau (Licenciado), grau de Mestrado (Mestre) e Doutoramento (Doutor). Este último grau (Doutor) é apenas conferido pelo ensino universitário (mas não pelo ensino politécnico).

Vejamos agora o organograma do Sistema de Ensino Português – Ensino Básico e Secundário:

Sistema de Ensino Português – Ensino Básico e Ensino Secundário

Sistema de Ensino Português – Ensino Básico e Ensino Secundário

 

E o organograma do Sistema de Ensino Português – Ensino Superior:

Sistema de Ensino Português – Ensino Superior

Sistema de Ensino Português – Ensino Superior